Quem faz o Fred? – #4: Rian Nascimento

rian-nascimento-fred

Finalizando a série “Quem faz o Fred”, conheceremos um pouco a história do Rian Nascimento, Especialista de Produto e Evangelizador do ecossistema Fred.

Ao final dessa entrevista e de todas da série, esperamos que você tenha nos conhecido melhor. Estamos a disposição para conversar e esclarecer eventuais dúvidas.

Se ainda não viu as outras entrevistas, acesse cada uma através desses links:

Quem faz o Fred? – #2: William Queiroz

Quem faz o Fred? – #2: Alfred R Baudisch

Quem faz o Fred? – #3: Fernando Abolafio

 

Vamos a entrevista…

 

Fale um pouco sobre você?

Meu nome é Rian Nascimento, tenho 21 anos, sou estudante de Administração e moro em Recife-PE. Comecei a minha vida no empreendedorismo aos 10 anos como vendedor, colecionador e jogador de cartas de Yu-Gi-Oh (rsrs).

Aos 16 anos tive a oportunidade de ser diretor de marketing e vendas em uma das miniempresas da Junior Achievement, onde fui premiado como um dos melhores vendedores.

Em seguida, após me formar em Programação de Jogos Digitais, fundei a Taverna do Desenvolvedor, blog/site que trazia dicas, ferramentas e inspirações. Em pouco mais de 3 meses alcancei de forma orgânica, sem nenhuma métrica, mais de 83 mil acessos, tendo o conteúdo do blog citado por grandes players da área.

Atualmente, concentro os meus esforços na evangelização do tema bots (chatbots) através da Fred para microempreendedores, pequenas e médias empresas.

Gerencio uma comunidade sobre o tema bots no Facebook com mais de 740 membros.

Nas horas vagas, empreendo, pratico jiu-jitsu, surfo, escrevo nas redes sociais/blog e estou sempre procurando aprender algo novo.

Como começou seu interesse por chatbots?

Sempre fui aficionado por tecnologia. Lembro-me que isso começou quando ganhei do meu pai o meu primeiro videogame, um super nintendo. A partir disso,comecei a pesquisar e procurar entender as diversas tecnologias e as suas aplicações. Em meados de 2016, tive um grande contato com assuntos relacionados a inteligência artificial e posteriormente ao mundo dos bots (chatbots).

Comparado aos softwares tradicionais quais as principais diferenças que você vê em trabalhar com bots?

Além se ser um tema “novo”, acredito que a principal diferença está ligada a uma preocupação maior na experiência do usuário.

Na área que você atua quais são suas maiores dificuldades e o que você tem feito para superá-las?

Apesar de ser um assunto antigo, os bots ganharam um destaque considerável depois do surgimento da API do Facebook Messenger. O assunto gerou muita movimentação nas mais variadas empresas e além dos inúmeros benefícios, surgiram alguns mitos e/ou inverdades acerca do tema.  Por esse motivo, posso dizer que o meu maior trabalho está sendo em alinhar a expectativa dos interessados com a realidade em termos tecnológicos e do mercado.

Como você se organiza para executar as suas tarefas diárias?

Aqui na Fred, registramos todas as atividades de acordo com suas as prioridades no TeamWork, assim ao final de cada dia, tenho traçado todas as tarefas que deverão ser realizadas no dia seguinte ou nas próximas semanas.

Quais programas são as suas ferramentas de trabalho?

Eu costumo visualizar e organizar as minhas tarefas diárias no TeamWork. Para nos comunicar, a equipe Fred usa o Slack. Quando o assunto é editar textos, uso o Google Docs por sua simplicidade e pela facilidade em realizar o compartilhamento e a edição em tempo real com os outros membros da equipe.

Para edição de imagens e vídeos, uso o Photoshop e o Premiere. Embalando a minha rotina diária vou ouvindo várias músicas no Spotify.

Para aqueles que pretendem trabalhar na sua área quais os conselhos você daria?

Se jogar! Acho que essa frase define não só uma atitude para quem quer trabalhar na minha área mas para todas as áreas. Seja comunicativo, esforce-se para fazer boas relações com as pessoas que são referências no setor que você deseja atuar – participar de uma comunidade e ir aos meetups é um é um ótimo começo.  E por fim, mas não menos importante, busque o conhecimento e aproveite a vida da melhor maneira possível.

 

 

GOSTOU DO CONTEÚDO?
Receba nosso conteúdo semanalmente por email!
Odiamos SPAM! Seu email nunca será compartilhado.