Inteligência artificial cria rosto do corrupto no Brasil

Sr. Ric Brasil: criação da Forbes, a partir da inteligência artificial, para dar rosto à corrupção (Forbes/Ogilvy/Divulgação)
Sr. Ric Brasil: criação da Forbes, a partir da inteligência artificial, para dar rosto à corrupção (Forbes/Ogilvy/Divulgação)

Campanha da Forbes Brasil e da Ogilvy criou corrupto a partir de inteligência artificial.

Com a ideia de alertar os brasileiros para o problema da corrupção (não que o povo brasileiro precise de mais alerta sobre isso, mas enfim…) e, também, para se posicionar contra diante do problema, a Forbes se valeu da inteligência artificial o do conceito de “machine learning” para criar esse personagem.

A máquina deu a ele características físicas a partir da análise de 150 fotos de corruptos conhecidos do público e condenados, chegando a uma média de idade e de cor de pele, cabelo e olho, por exemplo.

Para moldar a personalidade, a máquina fez o cruzamento de milhares de dados vindos de notícias de jornal, depoimentos, entrevistas e obras literárias em torno de condenados e de investigações, como a Lava Jato.

Em fase de finalização, a Ogilvy promete que a imprensa poderá entrevistar, até o final de março, o Sr. Ric Brasil.


Mais detalhes em: https://exame.abril.com.br/marketing/inteligencia-artificial-cria-rosto-do-corrupto-no-brasil/

GOSTOU DO CONTEÚDO?
Receba nosso conteúdo semanalmente por email!
Odiamos SPAM! Seu email nunca será compartilhado.