Entrevista com João Cardoso, criador de chatbots com o Fred Builder

foto-joao

O João Cardoso foi um dos primeiros a utilizar o Fred Builder para desenvolver chatbots e fluxos de dados. Hoje, é um dos nossos usuários mais experientes, e nessa entrevista ele nos conta mais sua relação com chatbots, com o Fred e com o Fred Builder e sua posição sobre o mercado de chatbots. Confira!

Conte-nos um pouco sobre você.

Olha, eu sou o Gremista Goiano mais Gaúcho que eu conheço rsrsrs. Além de um autodidata de carteirinha. Comecei minha carreira em tecnologia fazendo manutenção em eletrônica e hoje sou Dev Full Stack. E também sou aficionado por Marketing Digital e Inteligência Artificial, principalmente os dois juntos.

Como e quando você conheceu o Fred? Com que frequência você usa o Fred Builder?

Conheci o Fred através de pesquisas no Google, no fim de 2017. Mas não dei muita “bola” no momento.

Até que eu assisti o lançamento ao vivo em um dos grupos que participo. Conheci melhor a plataforma e logo a plataforma entrou no meu radar. Hoje posso dizer que uso diariamente a plataforma, pois tenho alguns projetos sendo desenvolvidos.

Cite a característica mais marcante que lhe atraiu em relação ao Fred Builder.

Possibilidade de programar internamente e poder manipular os dados livremente.

Quais as principais vantagens do Fred Builder?

Acho que a possibilidade de programar internamente e a expectativa de preços baixos.

Quais as principais desvantagens do Fred Builder?

Em relação aos builders concorrentes, que eu já testei, eu não vejo desvantagens. Para quem trabalha com marketing digital talvez falte alguns módulos internos. Mas entendo que o foco do Fred seja realmente chatbots mais robustos.

Descreva seu processo de aprendizado do Fred e Fred Builder. 

A primeira coisa que eu fiz, foi montar um dos bots de exemplo existentes no Getting Started da documentação. Depois eu assisti toda a trilha sobre o builder disponível no Youtube.

Eu sou Dev e portanto já tinha conhecimentos sobre APIs e principalmente sobre Lua, o qual já tinha desenvolvido drivers de integração para Control 4 Home Automation.

Como desenvolvedor, por que usar o Fred, ao invés de desenvolver chatbots com uma linguagem de programação e frameworks?

Uso plataformas (agora o Fred) pela demora na aprovação de bots por parte do Facebook, pela garantia de custo de infra e que não vou perder tempo com manutenção de infra. Eu opto por não me envolver com operações e ter custo previsto. E o Fred com Lua lá dentro, no fim das contas, me dá quase a mesma liberdade de desenvolver com Node usando botBuilder (framework de desenvolvimento da Microsoft).

Você também é usuário do Fred Delivery? Se sim, quais as principais vantagens e desvantagens?

Ainda não. Só fiz um breve teste. Estou aguardando a versão 2.0.

Qual a reação dos seus clientes, que são empresas, quando você lhes oferece a possibilidade de ter chatbots? Para quais problemas você oferece solução?

Normalmente eu não faço prospecções ativas para venda de chatbots. É comum o pessoal entrar em contato, já com uma ideia em mente.

Qual é a receptividade em relação aos chatbots no Facebook Messenger?

Alguns sondam sobre a possibilidade de ter o chatbot no Whatsapp. Mas o pessoal que entra em contato, já vem com a intenção de usar o Facebook Messenger. Principalmente pelo fato de poder direcionar os anúncios para o chat.

Quais os pedidos comuns de seus clientes, antes e após a implantação dos chatbots?

Enviar mensagens de marketing para resgatar um usuário. Possibilidades de integrações com APIs.

O que você acha da situação dos chatbots no mercado atual? Eles já suprem as necessidades das empresas e seus consumidores?

Penso que sim, desde que sejam bem desenhados. A maioria dos chatbots que eu testo não reconhecem intenções básicas relacionadas ao negócio, e principalmente não parecem ter um objetivo definido.

Para você, como é o chatbot perfeito com as possibilidades atuais? E no futuro?

Acho que o chatbot tem que ter um objetivo muito bem definido,principalmente porque hoje em dia ainda é muito difícil aplicar técnicas de aprendizagem de máquina. Se o chatbot se propõe fazer um agendamento, em todos os momentos da conversa ele tem que encaminhar para esse objetivo. Assim fica muito mais fácil lidar com frases não reconhecidas e não comprometer a satisfação do usuário com o atendimento.

No futuro eu não vejo nada diferente de um assistente virtual capaz de se passar fielmente por um atendente humano.

Alguma sugestão para o ecossistema Fred, Fred Builder e Fred Delivery?

A maioria das minhas sugestões estão por vir com o lançamento dos demais módulos do Fred. Por hora teria apenas algumas melhorias de UX.

Alguma dica para quem esteja querendo começar a utilizar o Fred Builder?

Não importa se você é Dev ou não, faça os 3 projetos do Getting Started e assista a série de vídeos disponível no canal do Fred no Youtube.

Interessados em criar chatbots com você ou até mesmo interessados em aprender mais sobre o Fred Builder, podem lhe contatar de que maneira?

Estou disponível por e-mail e pelo LinkedIn.

Você sabia que o Fred Builder é um ambiente de desenvolvimento completo para você criar chatbots e fluxos de dados para praticamente qualquer setor e necessidade?

Crie sua conta agora mesmo!

GOSTOU DO CONTEÚDO?
Receba nosso conteúdo semanalmente por email!
Odiamos SPAM! Seu email nunca será compartilhado.