Baidu lança chatbot para ajudar médicos a diagnosticar pacientes chineses

melody

O gigante buscador chinês Baidu, está lançando uma chatbot médica concebida para tornar o diagnóstico de doenças  mais fácil. O bot de conversação é chamado Melody e vem conectado com o Baidu Doctor aplicativo, que foi lançado na China em 2015. Baidu Doctor permite aos usuários entrar em contato com os médicos locais, marcação de consultas e fazer perguntas, o chatbot destina-se a acelerar este processo.

“O que descobrimos operando Baidu Doctor é que quando um paciente faz uma consulta, muitas vezes o contato inicial não tem informação suficiente para um médico tomar a decisão mais confiante”, Andrew Ng, cientista-chefe do centro de pesquisa de Silicon Valley da Baidu.

“[Melody] faz as perguntas adicionais”, diz Ng. “E como elas são geradas por inteligência artificial, elas são reativas, respondendo ao que você já disse.” Ele ressalta, porém, que Melody não é um substituto para os médicos – é meramente destinada a reunir informações. “Ao reunir mais informações para o médico acreditamos que ela irá ajudá-los a fazerem melhores diagnósticos.”

O bot é alimentado por sistemas de aprendizagem profunda e processamento de linguagem natural do Baidu, que a empresa tem investido há anos. A empresa também tem a vantagem de acesso ao enorme mercado de centenas de milhões de usuários potenciais da China, permitindo-lhe acesso a uma grande quantidade de dados para melhorar suas habilidades de conversação. Atualmente, o bot está disponível apenas na China, mas o Baidu está em busca de  novos mercados. “Estamos em discussão com os serviços de saúde em todo o mundo, incluindo a Europa e os EUA”, diz Ng. “Estamos interessados em ajudar com cuidados de saúde a nível mundial.”

Uma série de startups nos EUA e Reino Unido lançaram aplicativos semelhantes, incluindo Your.MD e Babylon Saúde. Tal como acontece com chatbot do Baidu, eles usam bots de conversação para realizar triagem básica em pacientes.

[…]

A empresa cita estatísticas da Organização Mundial de Saúde que o mundo enfrentará um déficit de cerca de 13 milhões de médicos e profissionais de saúde ao longo dos próximos 20 anos. “Eu acho que a escassez de profissionais de saúde é aguda”, diz Ng. “Nós vemos os médicos atendendo um grande número de pacientes todos os dias -. Mais de 80, 100, todos os dias e nós podemos ajudar.”


Texto traduzido e adaptado: http://www.theverge.com/2016/10/11/13240434/baidu-medical-chatbot-china-melody

GOSTOU DO CONTEÚDO?
Receba nosso conteúdo semanalmente por email!
Odiamos SPAM! Seu email nunca será compartilhado.